51 3284-1800

SindisprevRS OF
ASCOM

ASCOM

Assessoria de Comunicação do SINDPREVRS

Servidores Municipais de Porto Alegre em Greve

COMPARTILHE:

Por: Flávia Alli

Os servidores públicos da prefeitura municipal de Porto Alegre entraram em greve nesta segunda-feira, 23. Os municipários montaram vigília em frente à Prefeitura e no Hospital de Pronto Socorro, seguindo com o trabalho paralisado.

As principais pautas de reivindicações são o reajuste de 18% do salário e  R$ 18,00 para vale-alimentação, pois os custos de vida (alimentação, transporte, saúde, por exemplo) aumentaram nesse ultimo semestre. O representante do Departamento Municipal de Limpeza Urbana do SIMPA, Alcino Rosa, afirma que ou o governo atende às reivindicações da categoria, ou a luta será fortalecida. Para o servidor, o governo tem vendido uma falsa propaganda, na qual o operário do serviço público ganha mais de R$ 2 mil por mês. “Isto é uma grande mentira! Todos nós sabemos que o operário ganha, inclusive, menos que um salário mínimo por mês, em torno de 466 reais”, revela Rosa.

Além do reajuste salarial, os servidores pedem plano de carreira, bem como condições descentes de trabalho, pois o serviço público em Porto Alegre se encontra em estado de calamidade. Também, colocam em questão o desejo da prefeitura em sediar uma Copa do Mundo, quando a cidade não tem suporte algum em seus serviços urbanos, nem para turistas, tampouco para a comunidade local, – tal qual a desvalorização da categoria e a exploração do trabalhador.
 
As atividades seguem paradas em escolas, nos hospitais de pronto socorro, postos de saúde e na guarda municipal, no entanto mantendo os 30% do corpo de funcionários. A vigília continua na terça-feira, 24, às 9h, em frente à Prefeitura Municipal porto-alegrense. Pela tarde, o Sindicato dos Municipários (SIMPA) realizará uma assembléia no Centro de Eventos do Parque da Harmonia, às 14h, para rediscutir as pautas, bem como os rumos da greve.

Imagens

follow:

CONTEÚDOS