51 3284-1800

SindisprevRS OF

A saúde parou!

COMPARTILHE:

             “Prefeito, sacana, devolve a nossa grana”! Assim terminou mais uma marcha dos trabalhadores municipais, municipalizados, estaduais e federais da saúde em Porto Alegre. Os servidores, que estão desde o ultimo dia 23 em greve, realizaram assembleia unificada na tarde desta terça-feira (30), para decidir os rumos da greve. Por unanimidade os trabalhadores decidiram continuar com as atividades na saúde paralisadas pela manutenção das 30 horas semanais de jornada sem a redução de salários.

                Mais de 50% dos servidores aderiram ao estado de greve em categorias como enfermeiros, auxiliares, psicólogos, técnicos em enfermagem e trabalhadores da saúde. Os trabalhadores reivindicam melhores condições de trabalho e atendimento à população, bem como a saúde do próprio servidor que, dada as péssimas condições de trabalho, possuem carga horária exaustiva com acumulação de trabalho e precarização do serviço devido ao descaso do prefeito Fortunati. O prefeito tem se negado a receber os trabalhadores e, inclusive, deu inicio a uma série de obras na fachada do prédio da prefeitura, para impedir manifestações tanto da saúde como outros setores que tem entrado em greve neste ultimo semestre, em frente à Prefeitura Municipal. 

Imagens

follow:

CONTEÚDOS