51 3284-1800

SindisprevRS OF

Sem manutenção, elevadores do prédio Cristaleira colocam em risco servidores e segurados

COMPARTILHE:

Desde quarta-feira (14), o prédio da Cristaleira (Rua Jerônimo Coelho – Centro de Porto Alegre) do INSS está com os quatro elevadores sem manutenção. Antigos, os elevadores sem amparo técnico colocam em risco servidores, funcionários e segurados. A empresa Atlas, que era responsável, não renovou o contrato com o INSS. Já a  licitação aberta em 2011 não teve êxito, já que nenhuma empresa se inscreveu por achar que o custo da manutenção era muito elevado, tendo em vista que os equipamentos são precários e muito obsoletos.
 
Nesta quinta-feira (15), o SINDISPREV-RS esteve no prédio e conversou com a Gerência Executiva. De acordo com a gerente substituta, Regina da Silva, o INSS em Brasília autorizou dispensa de licitação em virtude do caráter emergencial. A nova empresa, a CTS, assinará um contrato ainda nesta semana. Entretanto, a CTS atuará somente nos próximos 180 dias, até que apareça uma nova prestadora de serviço interessada na licitação aberta.
 
Na segunda-feira (19), todos os quatro elevadores voltam a funcionar com manutenção e segurança. Desde terça-feira, funcionam apenas dois como medida de segurança e precaução.
 
Equipamentos causaram acidente com funcionária
Em setembro, segundo a gerência, uma servidora da corregedoria teve uma das mãos prensada em um dos elevadores. Como os equipamentos são antigos, os sensores não oferecem segurança para quem entra ou sai.  

Imagens

follow:

CONTEÚDOS