51 3284-1800

SindisprevRS OF

Dia do Trabalhador

COMPARTILHE:

É fato de muitos anos que não temos nada a comemorar no dia 1º de maio. É, sem sombra de dúvidas, uma data em que cada trabalhador precisa refletir sobre o sistema que, a cada dia, vem suprimindo direitos adquiridos há mais de cinco décadas.

O governo federal, por exemplo, chega ao ápice de lançar um pacote com medidas provisórias que acabam com o fundo de garantia e férias, e que colocam em risco o seguro-desemprego, pensões e outras conquistas alcançadas com muita luta pela classe trabalhadora.

No trilho traçado por países europeus frente a uma crise em que oprime ainda mais o trabalhador, a Câmara dos Deputados – com o aval de boa parte da base do governo Dilma – aprovou o PL-4330, que sujeitará ainda mais os trabalhadores à chantagem dos empresários.

Não bastasse, o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) que pretendia proibir a lei das terceirizações nos serviços públicos, abrindo jurisprudência para a precarização da relação trabalhista em todos os órgãos federais, bem como brechas para a privatização total dos serviços.

Portanto, camaradas, vemos o Executivo, o Legislativo e o Judiciário como o câncer para os trabalhadores, suas lutas e direitos. É preciso dar um basta nos inimigos dos trabalhadores, que se colocam como cúmplices do capital econômico, hegemônico e escravagista.

Neste dia 1º de maio, em que milhões ainda passam fome ou são vítimas de trabalho escravo, paremos para pensar no que queremos para nossos filhos e netos. Não podemos, em hipótese alguma, permitir que o retrocesso das lutas da classe trabalhadora seja o trampolim para que as grandes fortunas ditem as regras.

Acompanhe a luta do Sindisprev-RS no site e locais de trabalho e junte-se a nós.

follow:

CONTEÚDOS