51 3284-1800

SindisprevRS OF

Governo apresenta proposta indecente. Rumo a Greve, dia 07 de julho!

COMPARTILHE:

CONFIRA O VÍDEO DA AUDIÊNCIA

http://www.fenasps.org.br/index.php/58-destaque/859-confira-o-video-da-audiencia-realizada-no-ministerio-do-planejamento-orcamento-e-gestao-em-26-de-junho-de-2015

Em reunião convocada às pressas, percebendo a eminência da greve dos servidores federais, o Secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, se reuniu, nesta quinta-feira (25/6), com membros de mais de 40 entidades representativas dos servidores para debater o reajuste salarial, em contraproposta às reivindicações da campanha salarial de 2015.

Segundo o diretor do SINDISPREV-RS e representante da FENASPS na reunião, José de Campos Ferreira, Mendonça, representando o MPOG, apresentou proposta de 21,3% de ajuste em quatro anos: 5,5% em 2016, 5% em 2017, 4,75% em 2018 e 4,5% em 2019. A proposta apresentada pelo governo é uma afronta ao funcionalismo publico federal, que acumula anos de perdas frente a inflação real que vai muito além da oficial, “é uma proposta indecente e não atende aos interesses dos servidores, pois não repõem o acumulado da inflação até 2015, muito menos as taxas futuras previstas e apresentadas pelo governo que não são reais”, segundo Campos. Mendonça, além de apresentar a proposta pífia, no contexto da reunião que aconteceu em clima tenso, teria reconhecido que os servidores foram prejudicados com o aumento de 15,8%, em três parcelas, abaixo da inflação, concedido em 2012, no entanto, repetindo a mesma fórmula, agora demonstra o descaso com que o governo trata o funcionalismo.

Não bastando a apresentação de uma contraproposta que afronta os Servidores Federais, o governo, através de seu interlocutor Sérgio Mendonça, está condicionando o restante da pauta de reivindicações da categoria (vale-alimentação, vale creche, incorporação das gratificações, data base, entre outros) à aceitação dos 21,3% pelas entidades.

Nova reunião está agendada para 07/07, quando as entidades deverão responder ao governo, após deliberar com a categoria, se aceitam ou não a contraproposta apresentada pelo governo. O SINDISPREV-RS e a FENASPS reforçam a necessidade de participação de todos nas assembleias estaduais e fortalecimento do movimento contra os ataques do governo rumo a GREVE!

ASSEMBLÉIA ESTADUAL NO RS DIA 27/06, ÀS 09HS NA SEDE DO SINDICATO.

Anexos

859-confi…-de-2015

follow:

CONTEÚDOS