51 3284-1800

SindisprevRS OF

Construir a Greve Geral em 28 de abril e derrotar as contrarreformas Trabalhista e da Previdência Social

COMPARTILHE:

Os trabalhadores de todo o país estão intensificando a mobilização para enfrentar os ataques das contrarreformas Trabalhista e a da Previdência (PEC 287/2016), ambas do governo ilegítimo de Michel Temer.

Após realizar grandes atividades no dia 15 de março, que levou nacionalmente milhões de pessoas a protestar contra as reformas neoliberais que retiram direitos sociais, outros movimentos e mobilizações estão sendo convocados. O dia 31 de março está sendo chamado por várias entidades para acumular forças rumo à Greve Geral.

As Centrais Sindicais estão convocando Greve Geral para dia 28 de abril, propondo a paralisação de todas as atividades nos locais de trabalho para fortalecer a luta para derrotar este ataque dos patrões com único objetivo de retirar todos os direitos sociais que a classe trabalhadora, com muito suor e sangue, conquistou em mais de cem anos de luta. Portanto, todos estão convocados para ocuparem as ruas deste país no dia 31 de março, bem como construir a mobilização e PARALISAR AS ATIVIDADES NO DIA 28 DE ABRIL.

É fundamental também organizar os núcleos de base, construindo comitês unificados com demais trabalhadores para impulsionar a luta de todos os setores dos movimentos sociais, sindicais e juventude, ampliando as ações nas cidades e no campo.

Os delegados presentes na Plenária da FENASPS realizada no último dia 19 de março aprovaram plano de luta, orientando todos os trabalhadores da base a paralisarem suas atividades, em conjunto com demais setores dos Trabalhadores em Luta, como as lutas convocadas e organizadas pelas centrais sindicais contra este projeto do mal. A luta é o único caminho para derrotar os projetos dos golpistas.


 

 

Veja o calendário de lutas aprovado na Plenária da FENASPS, no dia 19, e pelas entidades do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (FONASEFE):

• 5 de abril, quarta-feira – próxima reunião do FONASEFE, às 16 horas, na sede do ANDES-SN;
• 28 de abril, sexta-feira – indicativo de greve geral convocada pelas centrais sindicais;
• 5 de maio, sexta feira – reunião da Diretoria Colegiada da FENASPS;
• 6 de maio, sábado – Encontros Setoriais;
• 7 de maio, domingo – Plenária Nacional Extraordinária da FENASPS;
 

PARA DERROTAR O PROJETO NEOLIBERAL, O TRABALHADOR VAI FAZER GREVE GERAL!

 

VAMOS TODOS NESTA LUTA ATÉ A VITÓRIA!

 

BAIXE AQUI este texto para seu dispositivo (clular/tablet/computador).

Imagens

follow:

CONTEÚDOS