51 3284-1800

SindisprevRS OF

Mobilização em Uruguaiana defende Justiça do Trabalho

COMPARTILHE:

Nos dias 06 e 07 de fevereiro, entidades da frente sindical dos trabalhadores de Uruguaiana realizaram uma vigília e um ato contra a extinção da Justiça do Trabalho. Também foram pautas da mobilização a extinção do Ministério do Trabalho, que ocorreu em janeiro deste ano, a Reforma Trabalhista, aprovada em 2017, e a Reforma da Previdência, que deverá ser encaminhada ao congresso em breve.

A vigília começou às 18h do dia 06, com a montagem de barracas, faixas e bandeiras. Na manhã do dia 07, as entidades compareceram às rádios locais para entrevistas. Às 10h, aconteceu o ato público, que contou também com a participação dos trabalhadores da Justiça do Trabalho e movimentos sociais.

Dinara Del Rio, diretora do SindisprevRS, que participou da atividade, aponta que o desmonte do Ministério do Trabalho é um retrocesso sem precedentes. Da mesma forma, a proposta de extinção da Justiça do Trabalho, citada pelo presidente Jair Bolsonaro em entrevista ao SBT, logo após sua posse, seria uma medida para desamparar o trabalhador e impôr a negociação direta com a patronal.

Na oportunidade, os presentes também discutiram sobre o desmonte do INSS, a possibilidade de terceirização dos serviços que hoje são prestados pelos servidores públicos, o fechamento de agências e a ausência de concurso público. A reforma da previdência é a principal preocupação do período, e deverá ser alvo das próximas discussões e mobilizações.


 

follow:

CONTEÚDOS