51 3284-1800

SindisprevRS OF

Dia Nacional do Idoso

COMPARTILHE:

26 milhões de brasileiros têm mais de 60 anos.

 


 

No Brasil, até 2002, o Dia Nacional do Idoso era comemorado em 27 de Setembro. A partir de 2003, por ocasião da criação do Estatuto do Idoso, a data oficial passou a ser o dia 1º de Outubro.

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD 2013), realizada pelo IBGE, apontam que população idosa alcançou 26,1 milhões, o que equivale a 13% da população total do país.

O Dia Nacional do Idoso se propõe a sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e a necessidade de proteger e cuidar da população idosa, que até 2025 será maior que do que o número de crianças em todo mundo. (Fonte: OMS).

A pessoa idosa precisa de cuidados como a vacinação, que é ligada a melhora da qualidade e expectativa de vida, pois são as propriedades imunitárias ou imunológicas que defendem o organismo de elementos estranhos causadores de doenças. Negligenciar a prevenção de danos à saúde por meio de imunobiológicos é um grande equívoco, independente da faixa etária.

Doenças associadas ao envelhecimento, podem aumentar o risco de infecções dos mais diversos tipos, incluindo DSTs. Com indivíduos acima de 60 anos ainda ativos, a contaminação através de doenças sexualmente transmissíveis cresceu nos últimos anos.

Dados publicados em 2017 pelo Ministério da Saúde demonstram que cerca de 4% a 5% da população acima de 65 anos são portadores do vírus HIV, um aumento de aproximadamente 103% em relação a anos anteriores. Além da AIDS, outra doença que têm aumentado sua disseminação entre idosos é a Sífilis. O SUS possui políticas públicas destinadas à população idosa e acompanha de perto a evolução desses quadros.

Outra preocupação que é classificada pela Organização Mundial da Saúde como uma “Crise Global” é a depressão.

Cerca de 11,2 milhões de brasileiros, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2013, sofrem com a doença.

Quando agrupados por faixa etária, pessoas entre 60 e 64 anos, lideram o ranking da depressão no país com 11,1%.

O SindisprevRS, atento a essas demandas, realiza através da Secretaria de Aposentados atividades semanais para interação e convivência para além dos debates políticos e de fortalecimento de luta do movimento.

Os trabalhadores também contam com o apoio técnico da Secretaria de Saúde do Trabalhador, que oferece um serviço de acolhimento à categoria, incluindo os idosos aposentados.

follow:

CONTEÚDOS