51 3284-1800

SindisprevRS OF

Incêndio no Postão da Cruzeiro é mais um alerta da precarização da unidade

COMPARTILHE:


 

Na madrugada desta sexta-feira, 13, houve um princípio de incêndio no Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul, em Porto Alegre. O fogo começou devido à sobrecarga elétrica que afetou um ar condicionado no depósito do setor de nutrição, gerando pânico nos presentes devido à grande quantidade de fumaça que se alastrou no local e pelos corredores.

Os próprios trabalhadores que realizavam plantão, para evitar que a situação fosse agravada, evacuaram o local, retirando cerca de 40 pacientes que ali estavam. O fogo foi controlado pelos próprios trabalhadores com os extintores do local, antes da chegada dos bombeiros, e não houve nenhum ferido.

O acidente é mais um indício da precariedade em que se encontra o Postão, que vem sendo sistematicamente negligenciado pela prefeitura. Desde 2007 há recursos disponibilizados pelo Ministério da Saúde para a ampliação e reforma, mas a obra está parada devido à demora na conclusão do projeto e a falta de investimento da prefeitura, de acordo com matéria do Sul21 em 2018.

De acordo com Alberto Terres, representante da CUT no Conselho Municipal de Saúde de POA, o risco de acidentes no Postão é permanente. O prédio, que pertencia ao INSS, tem estrutura antiga e nunca passou pela adequação necessária para prestar o atendimento à população, além de não ter saídas apropriadas no caso de emergências, visto que é cercado por grades que se tornam barreiras a rotas de fuga.

Além dos problemas na estrutura, o Posto da Cruzeiro também enfrenta superlotação, precariedade das condições de trabalho e atendimento. É preciso investimento e responsabilidade para cuidar da população! Defender o SUS é defender nossas vidas!

follow:

CONTEÚDOS