51 3284-1800

SindisprevRS OF

Governo lança benefício de R$ 600, mas forma de acesso pode dificultar a solicitação

COMPARTILHE:

A contragosto e com dias de atraso, Bolsonaro sancionou e publicou a proposta de renda emergencial para trabalhadores informais, desempregados e pessoas com baixa renda durante a crise de Covid-19. 

Hoje foram disponibilizados aplicativo e site para solicitação do auxílio, mas o acesso aos sistemas está instável e por vezes indisponível – provavelmente divido ao grande número de pessoas em busca de seu direito. A forma de solicitação é questionável, visto que no Brasil 39% dos domicílios não têm acesso à internet, e o índice de exclusão digital chega a 70% em lares de pessoas pertencentes às classes econômicas mais baixas – justamente quem precisa do benefício (dados do Comitê Gestor da Internet em 2017).

A opção para quem não tem acesso à internet é solicitar presencialmente na Caixa Econômica Federal ou casa lotérica, locais onde houve filas enormes durante toda esta terça-feira, gerando aglomeração – esta que deve ser evitada para não aumentar o contágio pelo vírus.

O auxílio será de até R$ 1.200 por família, graças à oposição do governo na Câmara dos Deputados que aumentou a proposta inicial da equipe econômica de Bolsonaro, que era de apenas R$ 200. O caos em busca do auxílio demonstra a gravidade do desemprego, trabalho informal e pobreza no Brasil, que assolam o país desde muito antes da pandemia – negligenciados e agravados pelas medidas do atual governo e dos anteriores.
Quem está no Cadastro Único e recebe Bolsa Família terá o recebimento do auxílio de forma automática. 

Cadastro no site: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio 

Aplicativo para celular Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio 

Aplicativo para celular IOS: https://apps.apple.com/br/app/caixa-auxílio-emergencial/id1506494331

Dúvidas e informações: através do número 111.

follow:

CONTEÚDOS