51 3284-1800

SindisprevRS OF

Como cuidar da nossa saúde mental durante a pandemia da COVID-19

COMPARTILHE:

  Todos nós estamos experimentando uma vivência diferente durante a pandemia da COVID-19. Para alguns de nós, passar muito tempo no isolamento social recomendado pela organização Mundial da Saúde e Ministério da Saúde pode ser bastante difícil ou até mesmo, emocionalmente pesado.

Por este motivo, a equipe da SST preparou algumas dicas para enfrentarmos juntos, este momento.

Fique atento aos sinais de estresse:

– Mudança na rotina do sono (dificuldade para dormir, ou dormir demais) pode ser um sinal de que a mudança da rotina diária afetou seu corpo e mente;

– Mudanças na rotina alimentar, como você está se alimentando agora? Mais do que normalmente fazia? Com maior ou menor qualidade? Sente falta de apetite?

– Uso de bebidas alcoólicas: aumentou a frequência do uso, você sente mais necessidade de beber?

– Uso de tabaco? Percebe que aumentou o número de cigarros diários?

– E a concentração? Consegue manter o mesmo nível que tinha antes, agora que está em isolamento social?

– Conflitos familiares emergiram neste período?

 

  Estes são alguns elementos que todos nós estamos nos deparando e para isso a equipe da SST do Sindisprevrs preparou algumas dicas para auxiliar a nós todos, passarmos por isso juntos!

1) Primeira e mais importante dica: todos nós estamos sendo afetados por uma carga massiva de informações que chegam a nós através das mais variadas mídias: redes sociais, Whatsapp, programas jornalísticos no rádio e TV, entre outros. O fato é que para alguns de nós, ficar “ligado o tempo todo” nestas informações pode gerar ou até mesmo, aumentar a carga de tensão que já estamos tendo, passando por este momento tão singular em nossas vidas. Experimente filtrar estas informações, mantendo atenção em uma ou duas escolhas de fonte de informação, que você confia e utiliza habitualmente. Literalmente se permita “desligar” do mundo por alguns instantes, isso vai ajudar a manter sua mente mais descansada e tranquila, auxiliando na sua concentração para as tarefas diárias;

2) Mantenha a rotina! Mesmo em casa em trabalho remoto não presencial, fixe uma rotina regular não muito distante do que mantinha antes do isolamento. Mantenha horário de sono e de trabalho, na medida do possível, pactue a rotina com seus familiares, todos estamos passando pelas mesmas situações e é importante mantermos a nossa rotina familiar também, tanto das tarefas diárias de cuidado da casa e dos familiares que necessitam, quanto do nosso trabalho. Ahn, isso inclui a rotina escolar também. É importante para os adultos e as crianças a manutenção dos horários de estudo, trabalho, lazer e convivência familiar o mais parecido possível aos que tínhamos antes do isolamento social. Mudanças bruscas na rotina podem ser fonte de conflitos familiares, naturais durante este processo. A rotina pode incluir algum tipo de movimentação com o corpo, existem vários formatos de esporte que estão dando aulas gratuitas online, quem sabe você não experimenta alguma e gosta? Também pode experimentar fazer uma chamada online e fazer exercícios em grupo, envolvendo seus familiares. Pode ser uma dica de atividade coletiva, que envolve todos em algo positivo e divertido, que seu corpo vai agradecer!

3) Preparar-se para trabalhar remotamente em casa. Nem todos nós possuímos as melhores condições para isso e, portanto, adaptações são muito necessárias e fundamentais para manutenção do nosso trabalho. Buscar manter todos na rotina mais próxima anterior ao confinamento também passa por isso. Pactuar horários e tarefas específicas auxiliam as famílias a organizar o tempo de cada um, assim como os locais e condições que cada um de nós, necessita para desempenhar suas tarefas. Durante este período você pode inclusive, repactuar a rotina de trabalho consigo mesmo, pois perceberá que o ritmo das tarefas não será o mesmo. Diferente do teletrabalho, em que o trabalhador escolhe o sistema “home-office” e se prepara para ele, todos nós fomos surpreendidos pelo trabalho remoto, então é natural que tenhamos dificuldades, das mais variadas possíveis. É importante você perceber que isso está acontecendo literalmente no mundo inteiro e que talvez seja fundamental você descobrir um novo ritmo de trabalho, além de novas atividades para desafogar sua mente quando precisa. Sabe aquela pausa do café que nunca tinha tempo no trabalho? Agora em casa, nós podemos reaprender a produzir, de forma mais natural, sem pressionar nossos corpos e mentes.

4) A rotina familiar está te apavorando? Vamos pensar melhor sobre isso. Este momento pode ser de mudanças profundas para nossas famílias. É momento de oportunidades: de reprogramar nossas vidas e nossos laços afetivos. Estamos mais em casa, isso significa que, ao mesmo tempo que os outros familiares estão mais presentes para nós, também estamos mais presentes para eles, possibilitando uma melhora na qualidade das nossas relações sócio-afetivas e familiares. Estamos nos comunicando mais, mesmo remotamente, do que habitualmente fazíamos, o que pode nos aproximar mais de forma bastante positiva. Aprendemos a usar a tecnologia, que tanto afastava as famílias dentro das casas, para nos aproximar positivamente!

5) Converse com seus filhos. Diga que eles estão seguros em casa. Explique pelo que estamos passando e reforce que todos precisamos nos esforçar para nos proteger. Frustrações ou sentimentos negativos são normais e todos nós sentimos isso em algum momento da vida. As crianças também são foco de muitas informações equivocadas, filtre o que sua família acessa neste momento e auxilie, conversando de forma explicativa e pedagógica pelo que estamos passando, que isso é temporário e mantendo a mensagem positiva de que juntos, vamos enfrentar a Covid-19. Todos precisamos de tranquilidade e serenidade para passarmos juntos, por este momento!

6) Comunique-se com quem você gosta. Use as tecnologias da informação e procure conversar com seus amigos e/ ou colegas de trabalho. Compartilhe suas dificuldades, comunique sua chefia de seus problemas relativos à falta de condições para realizar tarefas que lhe foram delegadas remotamente.

7) Precisa de ajuda? Procure a SST. Sente-se ansioso, deprimido, com medo do futuro? Está sem esperança, sem força para enfrentar este momento? Estamos atendendo online através do número 51-98425.6138, por ligação ou WhatsApp!

follow:

CONTEÚDOS