51 3284-1800

SindisprevRS OF

Junho Violeta: Todas e Todos na Luta contra a Violência à Pessoa Idosa

COMPARTILHE:

    Junho marca o mês dedicado à conscientização contra a violência a pessoas idosas no mundo e o dia 15 de junho marca oficialmente essa data em âmbito mundial através do calendário da Organização das Nações Unidas (ONU). Historicamente, a identidade dessa campanha se dá pela cor violeta que representa o cuidado necessário para fazer florescer e manter sadia a flor de mesmo nome. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Portal do Envelhecimento tratam o Brasil como sendo um potencial país idoso até 2030, de acordo com os índices de envelhecimento da população. Antes mesmo disso acontecer, já são muitas as tarefas na luta pela promoção da proteção de pessoas idosas no Brasil contra quaisquer tipos de violência.

    Durante a pandemia que temos vivido, no mundo todo aumentaram os números de denúncias de violência doméstica acontecendo nas casas – sejam essas familiares ou até mesmo instituições de longa permanência (ILPs). Neste cenário, mulheres são as mais atingidas, agravando mais ainda as violações de acordo com a idade das vítimas. Para além disso, só aqui no estado temos visto diversos outros tipos de violência acontecendo com idosos, como a negligência em cuidado no que diz respeito à disseminação do vírus COVID-19, que resultou em diversas ILPs tendo surtos de coronavírus em suas dependências (situação muito grave, haja visto que a população desses espaços é grupo de risco não apenas pelos fatores de idade, mas por muitas outras comorbidades que acometem principalmente esse público).

    As crianças, os jovens e os adultos de hoje são os idosos de amanhã. Cuidar deste segmento populacional na atualidade é cuidar do futuro e respeitar a vida. Orgulhosamente, o SINDISPREV/RS tem nas fileiras mais árduas de luta da categoria uma forte participação de aposentadas e aposentados, pessoas idosas que construíram e constroem, através de seu suor vertido em resistência, um sindicato forte e atuante nas demandas da categoria federal no Rio Grande do Sul. Com a mesma garra daquelas e daqueles que nos trouxeram até aqui, salientamos a importância de nos mantermos vigilantes em cuidado à vida das pessoas idosas que nos cercam, atentando constantemente para garantir espaços que promovam a qualidade de vida e o bem-estar dessa população.

    Por isso, se você conhece alguma idosa ou idoso que possa estar com seus direitos sendo violados e/ou sofrendo quaisquer tipos de violência – física, psicológica, financeira, negligencial ou outra – não hesite em denunciar pelo Disque 100. Nosso compromisso é com o respeito à vida daquelas e daqueles que vieram antes de nós.

follow:

CONTEÚDOS