51 3284-1800

SindisprevRS OF

Servidor do INSS que realizava triagem é contaminado por COVID-19

COMPARTILHE:

Um servidor de agência do INSS subordinada à Gerência Executiva de Novo Hamburgo (RS) contaminou-se durante o trabalho ao realizar triagem ativa na entrada da agência.

O trabalhador estava em desvio de função por conta da falta de profissional da área da saúde devidamente capacitado para realizar a triagem (que envolve medição da temperatura, investigação sobre possíveis sintomas de Covid-19, verificação do agendamento prévio, certificação do uso de máscara e aplicação de álcool em gel nas mãos).

O SindisprevRS realizou vistoria em 18 agências gaúchas que reabriram entre 9 e 17 de setembro, e constatou que não houve implantação de protocolo de triagem ativa em nenhuma delas. Em todas as 18 APS, a triagem era realizada por servidores, vigilantes ou estagiários sem habilitação profissional para aferir temperatura ou capacitação para aplicar questionário que aponte possível contaminação.

Além disso, os envolvidos no procedimento de triagem destacados pelo INSS não receberam orientações nem usavam o EPI completo para exercerem a função. O fornecimento de termômetros infravermelho e máscaras para usuários também não foi atendido integralmente ou não estava à disposição na entrada da unidade.

O retorno do atendimento presencial no INSS é despreparado e coloca em risco trabalhadores e usuários do órgão e toda a população.

Servidores em trabalho remoto e agências fechadas para salvar vidas!

 

Acesse o ofício de Notificação de Vistoria nas Agências da Previdência Social no Estado do Rio Grande do Sul, enviado à Presidência do INSS:Ofício 067_2020.pdf

Imagens

follow:

CONTEÚDOS