51 3284-1800

SindisprevRS OF

MARIELLE FRANCO E ANDERSON, PRESENTES! 4 anos sem justiça

COMPARTILHE:

Há 4 anos, Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes foram assassinados em um crime premeditado que segue sem resposta. Quem mandou matar Marielle? Provavelmente setores poderosos que queriam calar sua voz.

Mais do que vereadora eleita no RJ, Marielle foi uma lutadora. Ativista em defesa do povo preto, queria ver a juventude negra viva e em liberdade. Lutou pelo direito à educação, contra o encarceramento em massa e denunciou a violência policial na periferia. Também foi uma militante feminista, contra as violências que atingem as mulheres e em defesa de seus direitos como trabalhadoras e mães.

Marielle denunciou e lutou contra as milícias no RJ, expondo a violência que exercem contra os moradores dos territórios mais vulneráveis. São membros deste tipo de organização criminosa os principais suspeitos pela sua execução, e há indícios de que os assassinos possuem relação com Jair Bolsonaro e sua família, o que escancara os tempos sombrios que vivemos. Precisamos enfrentar com muita seriedade o autoritarismo e a truculência destes setores, e impedir que se fortaleçam no Brasil.

Honrar a memória de Marielle é seguir em luta, pelo direito da classe trabalhadora em ter protagonismo na política e contra o sistema corrupto e criminoso que tira a dignidade e a vida do nosso povo.

Justiça por Marielle e Anderson! Fora Bolsonaro!

 

 

Imagens

follow:

CONTEÚDOS